28 agosto 2017

FeedBack do livro: Não se apega não

Oi gente, tudo bom?
No post de hoje gostaria de começar pedindo desculpa mais uma vez por está me afastando do Blog mas estou sofrendo por bloqueios criativos e não estou me sentindo mais motivada como antes.. É muito chato pois é uma coisa que amo de verdade fazer mas sinto que o que faço está se tornando cada vez mais um trabalho em vão e que está sobre carregado das mesmas coisas. E por falta de criatividade no momento não penso em nada diferente que possa mudar a vida de vocês de alguma forma mas prometo que vou continuar tentando!!

Mas vamos ao assunto, no começo do ano fiz uma lista de livros que gostaria de ler este ano e resolvi que faria um FeedBack de cada um, e como terminei de ler "Não se apega não" mas ao FeedBack amores.


Estou in love por este livro, nunca me identifiquei tanto com uma personagem como me identifiquei com a Isabela, com a historia dela, passei por situações semelhantes e agi de forma parecida. Eu e Isabela somos sagitarianas e temos dificuldades de expressar nosso sentimentos (e sim, minha mãe também acha que tenho problemas por isso e como disse a psicologa dela é bom porém pode ter sido causado por um acontecimento na infância... Será?)
Como sagitariana eu e Isabela vivemos atrás de aventura seja ela uma montanha russa em um parque de diversão ou numa montanha russa de sentimentos, como o amor, felicidades, sucesso enfim.. mas já experimentaram a do sofrimento? Ela é transformadora é como a transformação de uma lagarta á borboleta, é uma evolução incrível! Por mais dura que seja não podemos negar que evoluímos bastante e com este livro aprendi a enxergar isso que, realmente tem males que vem para o bem. 


Sei que quase todo mundo já leu o livro mas acho legal expor a minha opinião aqui e incentivar a quem não leu a ler também, vale super a pena! 
Bom gente, vou ficando por aqui eu espero que tenha curtido o post 💖

Um super beijo e até mais.

Pin It
2 comentários

07 agosto 2017

GRATIDÃO PELA TRANSIÇÃO

Oi gente, tudo bom?
Resolvi criar aqui no Blog um espaço para expor os meus Textos (sim eu escrevo!) Isso é quase um segredo porque nunca cheguei a comentar com ninguém mas escrevo sempre que sinto a necessidade de colocar pra fora o que me consome por dentro e o sentimento de hoje é de GRATIDÃO, sim gratidão pelo dia de hoje e especialmente pela minha transição.



 Faz um tempo que tenho parado de reclamar e reparado mais nas coisas boas que vem acontecendo  e acredito que isso tudo acontecer por eu ser grata a cada coisinha que me acontece, acredito que Deus lhe dá o que é necessário naquele momento não no momento que você deseja.. Ele tem planos pra ti desde o começo da sua vida até o final dela! E eu acredito nos planos dele pra mim.

Falando em Transição Capilar pedia pra Deus que me ajudasse aceitar as minhas diferenças e me amasse ainda mais do jeitinho que ele me enviou e hoje não me comparo a ninguém não que seja melhor mas por ser diferente e me aceitar justamente por isso, EU ME AMO!
 Agradeço, pelas mudanças na minha vida, acredito que a transição tenha uma parcela de "culpa" pois eu amadureci demaais, passei a não me desgastar com situação que não me agregaria me nada, a me fechar pra pessoas que só queria o meu mal e a me abrir e da oportunidades a pessoas que me desejavam o bem. Claro que não é tão fácil quanto parece mas é necessário! É preciso amadurecer mesmo que tarde.

Eu sei que a transição é um momento muito temido mas e preciso saber aproveita-lá e ir mudando conforme o seu cabelo mudar, pra que quando ele estiver expandindo brilho por fora você transmita brilho por dentro.

Pin It
0 comentários

28 julho 2017

Sobre minha transição capilar

Oi gente, dei uma sumidinha mas voltei de novo k

O assunto de hoje é muito especial! Essa semana completei um ano que parei com a chapinha 😄😮, dá pra acreditar ? Passou tão rápido.. Foram tantas mudanças nesse um ano, não só a mudança da estrutura do cabelo mas a mudança interior eu mudei, e mudei pra melhor! Neste um ano tomei decisões que não pensei que tomaria, passei por situações complicadas, passei por cima do preconceito e tudo isso porque comecei a me amar muito mais.

No começo foi difícil, é difícil mas tem que ser. Sabe porque ? Pra valer a pena do final! Eu comecei a analisar mais as pessoas ao meu redor e perceber que o problemas delas é igual ou maior que o meu tudo depende do grau que você coloca nelas e o quão focada você está. Eu tentei desfocar e quando está focada era pra ver o lado bom, cuidar e amar.

Expliquei melhor sobre esse processo em vídeo 💖
Espero que curtam !!




Pin It
0 comentários